Anime - Chrno Crusade

| domingo, 10 de abril de 2011 | |
Hey, pessoas lindas do #AFoD! Aqui é a dona Kami se conectando ao mundo sobrenatural nipônico para trazer as informações da semana :D.Antes que eu comece a falar do nosso assunto de hoje, devo pedir perdão por não ter aparecido na semana passada. Não pude fazer o post do sábado porque estava no Desencontro (para mais informações, clique no link) e não parei em casa (porque, do Desencontro, fui para a festa de encerramento e voltei muito tarde :P). Mas eu não esqueci vocês! Foi puramente peripécias do destino =P.
Enfim, chega de enrolação e vamos ao post de hoje \o/






Chrno Crusade é um anime/mangá criado por Daisuke Moriyama, em 1999 e concluída em 2004. O anime baseia-se na relação de uma feira, Rosette Christopher, com um demônio, Chrno. Ambos fizeram um pacto para que Rosette pudesse encontrar e salvar seu irmão, Joshua, que, anos antes, havia sido levado por um demônio, Aion. Misturada a essa trama principal, vemos os Estados Unidos no período de 1928/1929 sendo assolado por hordas demoníacas e, para combater tal invasão, a Igreja Católica cria a Ordem de Magdalan, cujos seus membros tem a função de destruir tais seres maléficos. E é aí que as histórias se cruzam, pois Rosette e Chrno trabalham para esta ordem, embora nosso adorável demônio sofra extrema rejeição por parte dos que trabalham para Magdalan.


Eu assisti Chrno Crusade há muito tempo, em 2006, minha época mais viciada em animes e afins (passado negro, cof, cof). Devo dizer que a minha memória quanto ao anime é um pouco falha, mas as impressões que obtive dele perduram até hoje. Chrno Crusade é um anime simplesmente lindo, capaz de agradar a todos que adoram uma pitada de sobrenatural, comédia, drama e, obviamente, romance. Personagens carismáticos, história bem elaborada (embora haja uma coisa no final que fique um pouco confusa - e que, obviamente, eu não vou falar o que é :P), abertura e encerramento perfeitas (principalmente o encerramento). E, devo admitir, foi o primeiro anime e primeira reprodução audiovisual que me emocionou ao ponto de eu chorar litros e por muito tempo (sabe quando os créditos rolam no final do filme e você não para de chorar? pois é). E isso porque eu era daquele tipo que não lacrimeja por nada! Tenham uma noção de como a animação é perfeita =D.
Não posso falar muito do mangá porque, infelizmente, não cheguei a lê-lo (embora tenha muita vontade). Mas, aos que quiserem conhecer um pouco mais, a JBC lançou-o no Brasil (não sei como andam preços e se ainda está em circulação). Vi que também há sites que o disponibilizam para download. E, antes que eu me esqueça: há sim diferenças entre o anime e o mangá (para variar...).


Pessoas, o post de hoje vai ser bem rápido porque dona Kami está a cara da estafa! Prometo que não faltarei mais com vocês!
Abraços a todos e um ótimo domingo!

0 Comentários (Comente aqui!):

Postar um comentário

Obrigado por nos prestigiar com sua visita e agora comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...